ASSINAP

DECRETO DE INTERVENÇÃO DA SEGURANÇA PÚBLICA NO RIO É APROVADO

O Senado aprovou na noite da última terça-feira (20), o decreto que autoriza a intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro. Com aval do Congresso – por 55 votos a 13 – a medida que será aplicada até o dia 31 de dezembro de 2018, será publicada no Diário Oficial da União. A Sessão foi marcada pelo descontentamento da parte de alguns parlamentares, que questionaram o critério do governo ao optar por esse decreto, favorecendo, apenas, o Rio de Janeiro. Gleisi Hoffmann (PR), por exemplo, disse que outros estados – como Sergipe, Alagoas, Ceará e Rio Grande do Norte – apresentam índices de violência mais altos e questionou o critério do governo ao decidir pela intervenção no Rio.

“O Ceará, hoje, é um estado que tem um índice de violência muito maior que o do Rio de Janeiro. O que vão fazer lá? Vão fazer intervenção também? Ou será que o estado do Ceará terá que se contentar com os 36 homens da Força Nacional, que foram mandados para lá? ”

Para coordenar o combate à violência, na cidade foi nomeado o General do Exército Walter Souza Braga Netto – do Comando Militar do Leste – como interventor. Ele será Responsável pela Secretaria de Segurança Pública, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e o pelo Sistema Penitenciário Fluminense. O General terá autonomia para solicitar aos órgãos civis e militares da administração pública federal, meios necessários para sucesso da operação. De a acordo com o governo federal, recursos financeiros, tecnológicos, estruturais e humanos estarão à disposição para auxiliar no restabelecimento da ordem pública na cidade.

Assinada pelo Presidente Michel Temer, a medida, que foi a primeira desde a promulgação da Constituição de 1988, foi tomada após o feriado de carnaval, período em que foram registrados vários episódios de violência em toda cidade do Rio de Janeiro.

Saiba abaixo os senadores que votaram contra e abstenção durante a sessão:

senadores png

HÁ VAGAS!

A ASSINAP está contratando para sua clínica médica, profissionais de ambos os sexos com as especialidades abaixo:
Alergologia
Angiologia 
Cardiologia 
Clínico Geral 
Clínico Geral 
Endocrinologia 
Enfermagem 
Gastroenterologia 
Geriatria 
Ginecologia 
Homeopatia 
Homeopatia 
Mastologia 
Medicina do Trabalho
Nefrologia
Neurologia
Nutrologia
Obstetrícia
Odontologia
Oftalmologia
Ortopedia
Otorrinolaringologia
Pediatria
Pneumologia
Proctologia
Psiquiatria
Reumatologia
Urologista
 
Os interessados deverão encaminhar o currículo para o e-mail: assinapassessoria@gmail.com, colocando no assunto a especialidade e a pretensão salarial, ou entregar no endereço: Av. Saquarema nº 3.310, Porto da Roça – Saquarema, Rj.
 

ASSINAP POR VOCÊ

A ASSINAP acredita que você pode ser muito mais do que um associado, você pode fazer parte da ASSINAP!
Representar e dar voz, são princípios que norteiam a ASSINAP.

“Obrigado pelo convite!
Gostei da frase no final do convite, porém, infelizmente a PMERJ/Estado não cuida do seu maior patrimônio que é o POLICIAL MILITAR, já que, é uma instituição centenária que não possui um centro de recreação ou um clube para que policiais e seus familiares possam ter um momento de paz e tranquilidade.
No dia em que houver mais harmonia, solidariedade e comprometimento de uns com os outros em prol de toda a sociedade – a qual fazemos parte – seremos mais respeitados, valorizados e admirados!
Parabéns pela iniciativa!” – Marcelo Ramon, associado da ASSINAP.

Marcelo, a ASSINAP agradece toda confiança.

COMUNICADO AOS ASSOCIADOS

Devido ao delicado momento financeiro vivido pelo Estado do Rio de Janeiro e, consequente, limitação orçamentária, a Assinap teve sua atuação em diversos meios de comunicação, como site, jornais, revistas e mídias sociais restrita.
Passado esse momento turbulento, a Assinap vem por meio deste tranquilizar seu associado e informar a reativação do seu departamento de Comunicação e outros setores, para melhor atendê-los.

Miguel Cordeiro
Presidente da ASSINAP

logo assinap

AVISO IMPORTANTE!!!

O Presidente da ASSINAP, comunica que está temporariamente suspenso a confecção e por consequência a distribuição do Jornal da ASSINAP.
Exclarecemos ainda, que tal medida está sendo tomada por contenção de despesas, como é do conhecimento de todos o Governo do Estado do Rio de Janeiro, não está repassando a verba das contribuições de nossos associados.
Todavia, a ASSINAP vem mantendo suas atividades com atendimento pelos nossos advogados e funcionários graças ao esforço de sua Diretoria que numa hora como esta não poderia e nem vai deixar nossos associados abandonados a própria sorte.

 

Qualquer Notícia será divulgado em nosso site.

 

Atenciosamente
MIGUEL CORDEIRO

AVISO IMPORTANTE!!!

Ontem circulou através da mídia que a Polícia Civil paralisou suas atividades não se sabe se é temporariamente ou permanente. Lembramos que a Polícia Civil, tem seu respaldo dentro da Constituição Federal.
Já a PM’s e BM’s estão subordinados a um Regulamento arcaico, bem como, é vedado pela Constituição Federal à “GREVE”.
Todavia, queremos alertar aos senhores Comandantes dos Batalhões, Unidades Operacionais, Destacamentos, CIA, UPP, etc.
Que caso cumpra se o que o Governador do Estado do Rio se pronunciou informando que só há dinheiro para mais uma semana pra compra de gasolina para as viaturas.
A medida certa que Vossa Senhorias elaborar uma Petição para o Ministério Público de seu município ou sua cidade. Narrando todos os fatos informando que os senhores não tem condições de colocar seus subordinados nas ruas para dá segurança à sociedade.
Informando ainda, que por falta de condições de trabalho, sem gasolina, material balístico os mesmo irão aguardar em seus quartéis até que o Ilustre membro do “Parquet” apresente uma solução para o caso.
Estas medidas são fundamentais para resguardar eventuais sanções e até mesmo omissão por parte de Vossa Senhorias.
A Nossa Constituição consagra como princípio Fundamental a dignidade da Pessoa Humana.
Não podemos abandonar nossos companheiros a própria sorte por omissão do Estado que chegou do caos.
Somos profissionais de segurança, porém, não podemos da segurança sem um suporte mínimo necessário para a nossa própria segurança. Afinal somos Pais, mães, irmãos, filhos e merecemos respeito ou no mínimo dignidade para poder enfrentar a criminalidade que a cada dia está mais ousada e com armas pesadas.
OBS.: É importante lembrar que nosso regulamento é diferente da Polícia Civil. Temos que ter cautela.
Qualquer um que se sentir coagido, prejudicado ou mesmo ameaçado pelo Estado, pode entrar em contato com a ASSINAP, mesmo que não seja sócio, vamos dá todo suporte necessário.
Ligue e fale diretamente com o Presidente (21) 7818-7083

Policiais militares voltam a receber o Certificado de Registro de Arma de Fogo

Notícia do dia 13 de junho – Polícia Libera Registro de Armas
Com grande atraso, devido à falta de papel moeda, a Polícia Militar voltou a emitir os Certificados de Registro de Arma de Fogo (Crafs), documento que permite aos PMs terem armas particulares. O serviço, vinculado também ao Exército Brasileiro, estava parado desde o ano passado.
Um levantamento mostra que, de 25 de maio a 6 de junho, 2.658 Crafs foram liberados. A pesquisa teve como base as informações publicadas no boletim interno da PM.
Da parte da polícia, precisava resolver o problema do papel moeda. No Exército, faltava celeridade ao processo. A expectativa é que daqui em diante, com a confecção do documento se dando no Rio, as liberações dos Crafs ocorram em no máximo 15 dias. Até então, todo o trâmite chegava a levar mais de um ano.

 

“O CRAF (Certificado de Registro de Arma de Fogo) já foi confeccionado e está sendo entregue aos policiais militares de acordo com cronograma publicado no boletim interno da corporação” – disse o comunicado da polícia à imprensa.
A Polícia esclarece que agiliza ao máximo a confecção do referido documento, porém essa demanda depende órgãos externos
Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/policiais-militares-voltam-receber-certificado-de-registro-de-arma-de-fogo-19495732.html#ixzz4BYmU8gT1

ESTADO ISLÂMICO JÁ TEM ATIRADOR DE ELITE E REDE DE TRÁFICO DE PESSOAS NO BRASIL

Polícia Federal prendeu, em Santa Catarina, homem suspeito de ter recebido treinamento militar da organização terrorista.
O Estado Islâmico já está no Brasil. Esta é a conclusão de dois órgãos de segurança distintos: a Polícia Federal do Brasil e o serviço de controle de imigração dos Estados Unidos. Além deles, a empresa privada de inteligência SITE Intelligence Group alertou nesta semana que, às vésperas das olimpíadas, a organização terrorista lançou um canal de recrutamento de fluentes em língua portuguesa no aplicativo de troca de mensagens Telegram. A descoberta da movimentação terrorista em território brasileiro é motivo de preocupação para os órgãos de segurança, que vêem as olimpíadas do Rio de Janeiro como potencial alvo de atentados.
Atirador treinado pelo Estado Islâmico está em Santa Catarina
Um morador de Santa Catarina está sendo obrigado pela justiça brasileira a usar tornozeleiras após a Polícia federal descobrir que ele viajou à Síria, onde passou três meses, e retornou ao Brasil. Ibrahim Chaiboun Darwiche esteve na cidade síria de Dar Ta Izzah, controlada pelo Estado Islâmico, entre janeiro e abril de 2013. Além disso, ele postou em redes sociais um vídeo defendendo o atentado terrorista ao jornal Charlie Hebdo, em Paris, realizado em janeiro de 2015 que deixou 12 mortos.
Os investigadores da Polícia Federal encontraram com Ibrahim um diário de treinos, onde ele revela sua rotina de treinamentos – de madrugada – com uma arma capaz de acertar alvos à longa distância. Nas anotações pode-se ver que, diariamente, de 1h às 2h da manhã, o suspeito praticava tiros com a arma. Em seguida, das 2h às 3h, fazia a leitura do alcorão. Das 3h às 5h o suspeito dedicava-se a divulgar sua versão do islã, provavelmente via redes sociais. De 5h às 5h30 era o horário das orações e, por fim, das 7h às 8h ele realizava uma atividade física.
A Polícia Federal disse que Ibrahim provavelmente teve contato com extremistas do Estado Islâmico, ocasião em que foi doutrinado religiosamente e recebeu treinamento militar.
Tráfico de pessoas
Uma rede de tráfico de pessoas, com base no Brasil, está transportando suspeitos de terrorismo entre o Oriente Médio e os EUA, passando por território brasileiro. Um dos suspeitos é um homem afegão que planejava ataques em território americano, mas foi preso pouco depois de passar pela fronteira entre México e EUA, revelou o jornal The Washington Times. A publicação diz que o tráfego inclui palestinos, paquistaneses e afegãos. Os órgãos de segurança americanos não informaram quantos desses suspeitos se dirigiram aos EUA, e quantos optaram por permanecer no Brasil.
EI recruta brasileiros via aplicativo de mensagens
Outra movimentação que causa o temor de que atentados estejam sendo planejados para as olimpíadas é a criação, pelo Estado Islâmico, de um grupo de recrutamento em português. O grupo foi criado no aplicativo Telegram. A descoberta da inciativa foi feita no dia 2 de junho pela SITE Intelligence Group, especialista em analisar dados de inteligência sobre o Estado Islâmico.

Cabo da PM é baleado na cabeça após ataque de bandidos na Zona Norte

Criminosos em um veículo roubado atiraram contra viatura que policial estava na Rua Conselheiro Galvão, em Rocha Miranda

Rio, 8 de junho de 2016 – Um cabo da PM foi baleado em um ataque de bandidos a viatura em que ele estava na Rua Conselheiro Galvão, em Rocha Miranda, na Zona Norte, na noite desta terça-feira. Segundo o 9° BPM, ele foi atingido na cabeça ao abordar os homens que estavam em um Hyundai i30 preto, que era roubado. O estado de saúde do policial é grave.
Os criminosos que atiraram no policial fugiram após o ataque. O cabo Silva Rodrigues foi socorrido pelo policial que o acompanhava durante o patrulhanento e levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. O policiamento foi reforçado na região e o 9º BPM faz buscas para localizar os criminosos que atacaram a viatura.

 

Em Cascadura, um soldado lotado no 6°BPM (Tijuca) reagiu a um assalto e atingiu dois assaltantes em uma motocicleta, também na noite desta terça-feira. A dupla assaltava o motorista de um carro a frente do veículo do policial. Segundo a PM, os bandidos conseguiram fugir e abandonaram a moto, a arma e os pertences da vítima.

Polícia prende casal que levava mais de dez armas e 1,5 mil munições na Dutra

Agentes apreenderam ainda R$ 5 mil com os suspeitos. Material estava escondido em fundo falso do veículo

 
Rio – Um casal foi flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta segunda-feira, transportando um carregamento de armas e mais de 1,5 mil munições de diversos calibres, escondidos em um fundo falso de um carro, durante uma blitz na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Seropédica, na Região Metropolitana do Rio. Os filhos do casal também estavam no carro onde era transportado o armamento.
Segundo a PRF, os policiais abordavam suspeitos na pista sentido Rio, na altura do pedágio, quando pararam um Fiesta prata em que estava o casal e mais duas crianças. Os agentes disseram que notaram o nervosismo do motorista e eles perceberam que havia indícios de um fundo falso no interior do veículo e começaram a desmontá-lo.
Foram encontradas 18 pistolas, 48 carregadores e 1.531 munições, todas para fuzis e armas de calibre restrito. O suspeito confessou que receberia R$ 5 mil para fazer o transporte do carregamento de armas até o Rio de Janeiro. Tanto o homem quanto a mulher, ambos de 37 anos, nunca haviam sido presos anteriormente. O Conselho Tutelar foi acionado para buscar os filhos do casal, de 8 e 12 anos. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal, em Nova Iguaçu.

(Fonte: Jornal O Dia)