ASSINAP

Pezão quer pagar 13º salário de servidores com empréstimo bancário

5Após uma reviravolta e a autorização de um empréstimo bancário, o governo do estado tenta contornar a crise para fazer o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos de uma só vez. A contratação dos recursos do banco ainda precisa passar pela aprovação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). As informações foram confirmadas ao GLOBO pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Jonas Lopes, que participou de uma reunião na presidência da Alerj, na tarde desta quinta-feira, com líderes dos partidos e representantes do Tribunal de Justiça e do Ministério Público.

Se a operação der certo, a expectativa é de que o depósito dos servidores seja feito até a semana que vem.

Nesta quarta-feira, o governo havia decidido fazer o parcelamento do 13º em cinco vezes. O anúncio havia sido feito numa reunião entre o governador Luiz Fernando Pezão e o secretariado no Palácio Guanabara. No entanto, em meio a repercussão negativa, Pezão conseguiu autorização de um empréstimo com uma instituição financeira. Embora os valores da negociação ainda não tenham sido divulgados, o montante que o estado precisa para honrar o pagamento é de cerca de R$ 1 bilhão.

Também deverá ser modificada a data de pagamento dos servidores dos três poderes: executivo, legislativo e judiciário.

A partir de 2016, o desembolso dos funcionários, que era feito no segundo dia útil do mês, passaria para o sétimo dia útil.

Fonte: O globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *