ASSINAP

PM aumentará efetivo de policiais em bairros da Zona Norte

Comandante geral participou de audiência, na tarde desta segunda-feira, 18 de abril, da Comissão de Orçamento da Alerj

A Polícia Militar aumentará o policiamento em bairros da Zona Norte. O anúncio foi feito, na tarde desta segunda-feira, pelo comandante geral da PM, coronel Edison Duarte dos Santos, durante uma audiência pública da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

“Estamos formando neste semestre 1.350 policiais militares. Vamos tentar distribuir parte desse efetivo no 41º BPM (Irajá), 9º BPM (Rocha Miranda) e 16º BPM (Olaria), onde identificamos necessidade maior de reforço na segurança pública”, disse Duarte.

O presidente da comissão, deputado Pedro Fernandes (PMDB), pediu ao comandante que o efetivo seja distribuído de acordo com o índice de criminalidade de cada região. “Não adianta encher a Zona Sul de policiais e deixar a Zona Norte abandonada. Isso precisa ser revisto”, destacou.

Além disso, durante a audiência, o parlamentar fez um histórico do orçamento da PM nos últimos oito anos e ressaltou que a verba destinada à polícia aumentou 203% nesse período. “A desculpa de não ter orçamento não condiz com o histórico apresentado. Hoje passamos por uma crise, mas ela é recente e o abandono no subúrbio sempre foi frequente. Nos últimos quatro anos, 10 mil policiais entraram para a corporação e pouquíssimos foram lotados nos batalhões da Zona Norte”, contou o deputado.

O comandante geral lembrou que a falta de efetivo na PM atinge todo o estado. Por causa da crise, 17 mil policiais que trabalhavam com Regime Adicional de Serviço (RAS) estão com os salários atrasados. O RAS é a hora extra que os PMs fazem para a própria corporação. “Perdemos, em média, 500 homens por dia”, informou Duarte, que lembrou ainda que a polícia mudou o quadro de horários da corporação e colocou agentes que atuam no setor administrativo nas ruas.

Fonte> Jornal O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *