ASSINAP

Quem pagará as contas agora?

Já dizia Benjamin Franklin: “Toma conselhos com o vinho, mas toma decisões com a água”.

O episódio da “alegada greve” trouxe ao seio militar, o nome de alguns Deputados que, preocupados com suas pretensões políticas eleitoreiras futuras, tentaram capitalizar para si a condição de “padrinhos” do movimento (sic).

Com a repressão do movimento, prisões, punições e demissões, FICAM AS PERGUNTAS:

AONDE ESTÃO ESTES PADRINHOS ?

QUEM SERÁ RESPONSÁVEL PELO CUSTEIO DAS DESPESAS DE MANTENÇA DAS FAMÍLIAS DOS DEMITIDOS?

Duro crer que existam pessoas eleitas pelo povo (QUE INCLUEM os militares, em situação famélica e precária), que se aproveitam da desgraça alheia, para promoção pessoal.

Deputados, antes de bons conselhos (sic) deviam bem refletir suas ações, pois não é criando ilusões ou dando asa à UTOPIA de incautos que se obtém a glória.

“Ainda que eu fale todas as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor sou como o bronze que soa ou o sino que retine… mesmo que tivesse toda a fé a ponto de, transportar montanhas, se não tiver amor, não serei nada.” (Apóstolo Paulo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *